sábado, 5 de dezembro de 2015

A Operação Lava jato e a lama da barragem de Mariana


-Companheira Dilma, o povo gosta de ouvir promessas.
Então fala que não vai ter aumento da gasolina no Natal...
Por João Cruzué
.
No mês de maio/2015, andei escrevendo alguma coisa sobre a origem da Operação Lava Jato . Recentemente, ficamos chocados com o poder destruidor da lama  que estourou a barragem do Fundão, de responsabilidade da Samarco Mineradora. É curiosa a analogia da lama desta duas origens.

A Operação Lava Jato estourou em março de 2014. A lama que vem escorrendo de Brasília, quando a gente pensa que está acabando, aumenta, e vai arrasando com a economia do país e a credibilidade de seus políticos.

Ninguém tinha conhecimento de que uma represa de lama, 15 km a montante do Distrito de Bento Rodrigues, Município de Mariana-MG, seria capaz de arrasar com a vida existente no Rio Doce. E muito menos esperaria que aquela lama chegasse com poder destrutivo ao Oceano Atlântico a quase 900 km de distância da origem. Uma vez no mar, ela avançou mais de 50 km, afetando também a vida marinha da região, incluindo um santuário de tartarugas.

Tomei conhecimento dos esforços do ex-presidente Lula para não deixar ir por água abaixo o governo Dilma. E olhe que em matéria de jogo político ele nada de braçada. Pois bem, depois de ter negociado com tudo o que se possa imaginar, estourou outro mar de lama lá pelos lados de Mato Grosso do Sul, terra que elegeu o Senador Delcídio do Amaral. Ali a lama ficou devidamente exposta, e as entranhas do partido do poder (PT) revelada a plena luz do meio dia. 

Diante de tudo isto, eu vejo que Deus tem um compromisso de responder orações do povo santo. Quando Abrão levantou de madrugada e olhou para Sodoma, ele pediu a Deus por livramento se tivesse 50 justos naquele lugar, pensando em seu sobrinho. Sinceramente eu creio que há mais de 50 justos neste país, orando para que Deus faça uma limpeza neste paiol de ratos.

E posso ver a mão de Deus nisto assim: Quando os homens negociam e negociam e pensam que taparam todos os buracos do "titanic", um rombo maior no casco acontece. É desesperador saber que a cada dia, milhares de empregos de pais e mães de família estejam virando pó. Hoje, encontrei com um irmão de Igreja, e ele disse para mim que está desempregado desde maio. E toda esta devastação que vem acontecendo na economia nacional vem da roubalheira e da hipocrisia dos agentes políticos do governo que aí está. Até 2014, nós presenciávamos os candidatos falando mentiras e repetindo promessas para conquistarem seus cargos. Mas em 2014 a quantidade de mentiras  que nossa Presidente leu na campanha foram tantas, que depois de ter ganhado as eleições, parece que ele ficou profundamente envergonhada da forma com que voltou ao cargo.

A lama que vem de Brasília parece não ter fim. Da mesma forma, teme-se que mais barragens em Mariana cheguem a estourar.

Uma coisa eu sei. Deus começou a esmiuçar esta lama e não vai ficar um cm³ sem que ele exponha à luz do meio-dia. E quando fizer isso, e vai ser no ano que vem, nós vamos ver no meio desta lama tanto políticos quanto pastores, bispos, apóstolos, igrejas e etcéteras...

É espantosa a hipocrisia desta gente, que faz banquetes para banqueiros, mineradores e empreiteiros e das suas mesas derrubam migalhas para os pobres e miseráveis, dizendo que os ama e se importam com eles. Ama, o caramba!

Amém! Vai fundo JEOVÁ. Limpa este paiol de ratos que o diabo construiu neste país. Eles  destroem o futuro das crianças, dos jovens, dos pobres e dos miseráveis desta nação. Dai-lhes a devida paga, e abençoe este Brasil com novos líderes, que não venham deste mesmo saco de farinha.



segunda-feira, 13 de julho de 2015

Plutão: faltam poucas horas para a aproximação máxima

Restando apenas algumas horas para o rasante, os instrumentos a bordo da nave New Horizons continuam enviando imagens cada vez mais detalhadas da superfície do planeta anão, cada vez mais surpreendente.

                                                       Clique para ampliar

Na terça-feira de manhã a sonda interplanetária New Horizons atingirá o ápice de sua missão e às 08:49:57 deverá chegar a apenas 12500 km de distância de Plutão. Essa será a primeira visita ao mais distante dos planetas do Sistema Solar e marcará o início dos estudos locais do planeta.
AO VIVO 07h15 DE TERÇA-FEIRA!
Durante a aproximação, Plutão será sondado por nada menos que sete instrumentos científicos, entre eles as duas câmeras de alta resolução LORRI e RALPH, o espectrômetro ultravioleta ALICE, o espectrômetro de íons PEPSSI e o experimento de análise de interação solar SWAP. Além desses, o experimento REX (Radio Science Experiment) terá a importante tarefa de sondar a temperatura e pressão da atmosfera de Plutão e medir a densidade de sua ionosfera. Além desses instrumentos, a sonda carrega um interessante experimento chamado VBSDC - Venetia Burney Student Dust Counter - que consiste em um medidor de poeira interestelar construído por estudantes da Universidade do Colorado. O nome do experimento é uma homenagem à britânica Venetia Burney, que em 1930, aos 11 anos de idade, sugeriu o nome do planeta. Imagem Histórica
A cena no topo do artigo revela o disco plutoniano visto a 3.9 milhões de km. Ela foi feita em 11 de julho de 2015 e provavelmente é a última foto mais aproximada deste hemisfério, já que esta face não estará visível no momento do encontro. É uma imagem histórica e que provavelmente ilustrará os livros de ciências pelas próximas décadas. Não se sabe exatamente o que são as quatro áreas escuras vista na região equatorial de Plutão (parte inferior da imagem) e nem porque parecem tão perfeitamente espaçadas. De acordo com pesquisadores do Ames Research Center, da Nasa, ainda não é possível nem saber se são planaltos ou planícies ou apenas variações de brilho em uma superfície lisa. Considerando-se o tamanho de Plutão, pode-se especular que a maior área escura vista na cena tem cerca de 480 km de largura. "Comparando com imagens anteriores, vemos que essas regiões são bem mais complexas do imaginamos anteriormente, com as bordas muito irregulares e fortemente definidas", disse o cientista Curt Niebur, do AMES.
Ao vivo
A aproximação máxima da sonda New Horizons ocorrerá nesta terça-feira, às 08h49 e o Apolo11 transmitirá ao vivo o evento, com imagens da NASA-TV. Naturalmente, o evento não contará com imagens geradas em tempo real de Plutão, pois além de inviável não está previsto no script da missão, mas todas as etapas serão reproduzidas em tempo real. Imagens de Plutão em alta resolução só deverão chegar até nós no final da tarde.

Fonte: http://www.apolo11.com/spacenews.php?titulo=Plutao_faltam_poucas_horas_para_a_aproximacao_maxima&posic=dat_20150713-094804.inc

domingo, 21 de junho de 2015

Ricardo Boechat chama o Pr. Silas Malafaia de “explorador da fé alheia”



O jornalista da Band acusa os pastores pela violência contra uma menina de 11 anos adepta do candomblé
Enquanto os acusados de atirar uma pedra em uma criança candomblecista não são identificados os evangélicos são apontados como culpados e as críticas recaem sobre os líderes.
Em seu programa de rádio o jornalista Ricardo Boechat não poupou críticas ao pastor Silas Malafaia a quem ele chama de intolerante e charlatão.  Entre palavras impublicáveis, o jornalista da Band afirmou que Malafaia é “um idiota, um paspalhão, um pilantra, tomador de grana de fiel, explorador da fé alheia”.
Em outro programa Boechat já havia falado contra o presidente da Assembleia de Deus Vitória em Cristo e Malafaia usou o Twitter para contestá-lo.
“Eu não vou te dar palanque porque tu é um otário, tu é um paspalhão. O que eu falei e repito, e não vou partir pra debate com você porque não vou te dar confiança, é o seguinte. Que é no âmbito de igrejas neopentecostais que estão acontecendo atos de incitação à intolerância religiosa, mais do que em outros ambientes”, disse o jornalista.
Malafaia retrucou as acusações e pediu para que Boechat prove que ele engana fiéis e enriquece de forma ilícita.
“Respondi ao jornalista Boechat, porque em seu programa de rádio, ele disse que pastores evangélicos incitam a intolerância e falou de maneira geral. Vou dar a oportunidade de ele provar na justiça o que falou a meu respeito, porque falar no microfone é mole”, escreveu o pastor no Facebook.
O caso de intolerância religiosa protagonizado pela garota de 11 anos que foi apedrejada gerou revolta até mesmo entre os evangélicos que não são a favor da violência. Mas Malafaia levantou uma informação até hoje não comentada pelos veículos de informação.  “O que o estúpido Boechat não sabe é que a mãe da menina que foi apedrejada frequenta nossa igreja. Perguntem para ela se nós incitamos a intolerância”.
Ao que parece o debate entre Ricardo Boechat e Malafaia vai se prolongar, o religioso gravou um vídeo respondendo as acusações do jornalista.

Fonte: Gospel Prime

terça-feira, 9 de junho de 2015

Ativistas gays invadem site do Pastor Marco Feliciano




Neste domingo (7) o site do pastor Marco Feliciano, deputado federal pelo Partido Social Cristão de São Paulo, foi invadido por ativistas gays. Na página inicial do site foi colocado uma imagem com as cores do arco-íris, símbolo do movimento gay, e uma mensagem contra ele.
Ao abrir o site, a paródia da música “I will survive” era executada e o logotipo das lojas “O Boticário”, exibido. Também uma montagem com imagem representando Jesus publicada no site e o rosto do parlamentar estava em uma das mãos.
O parlamentar virou alvo dos ativistas homossexuais após ter seu nome indicado para presidir a Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados. Na época, Feliciano passou a ser perseguido por militantes e chegou a sofrer ameaças.
Marco Feliciano respondeu ao ataque através de sua conta no Twitter, onde afirmou se sentir “honrado” por ter sido escolhido “por essa turma” e disse que os ativistas “destilam ódio e preconceito”.

Fonte: Gospel Prime
Foto:agencia câmara 

quarta-feira, 13 de maio de 2015

IGREJAS EMERGENTES E O SEU AVANÇO

   Os emergentes eclesiásticos, tem avançado em todo o nosso planeta, Igrejas que possuem teologias exclusivas e nomes que surpreendem.  A Igreja Emergente: Nasceu no final do século XX, mas floresceu no início do século XXI. Trata-se de um movimento que prega a necessidade de uma nova compreensão do Evangelho e da Espiritualidade, e de uma nova teologia com uma nova abordagem da Bíblia.

 Um de seus mais famosos proponentes é o pastor americano Dan Kimball.       Acaudilhados principalmente por Brian McLaren, os emergentes crescem a largos passos acusando o cristianismo “tradicional” de ser institucionalizado demais, rígido demais, ultrapassado, exclusivista ao extremo e fechado. Dentre as características marcantes do Movimento Emergente, é possível destacar o seu espírito de protesto contra o cristianismo institucionalizado ou denominacional. Os Emergentes acreditam que o modelo de igreja comum está ultrapassado e não consegue atender as demandas do pós-modernismo. Interessante é notar que esta aversão é justamente pelo cristianismo tradicional defender a verdade absoluta, elemento que os pós-modernos têm Abominam também o conceito de hierarquia nas igrejas, julgando-os anti-bíblicos; nas Igrejas Emergentes, a figura de pastores, bispos, presbíteros praticamente não se encontram.     Os Emergentes têm verdadeira repulsa às Teologias Sistemáticas (livros ou disciplina em si) e apologética tradicional. Acreditam que as Sistemática nada mais fizeram que bitolar os crentes, sendo apenas um amontoado de textos bíblicos organizados de modo sistemático em torno das opiniões pessoais dos autores das mesmas; da mesma forma, julgam que a apologética cristã está atrasada e não deve permanecer defendendo a fé como vem fazendo no decorrer da história. Defender a fé nos dias de hoje (pós-modernismo), é ofensivo na mentalidade dos emergentes, tão pluralistas e inclusivistas.     

   O avanço tem sido percebido por alguns fatores, entre eles a carência do resultado na vida pessoal, alcançando a prosperidade e solução dos problemas.  "A provação não deve estar na mina vida", pensam os emergentes, mas a Bíblia nos instruem a passar por provações, pois elas nos aperfeiçoam na fé.  Assim necessitamos estar mais suscetíveis aos reveses e não criar um novo evangelho. 

Fonte: http://vivendoteologia.blogspot.com.br

quarta-feira, 15 de abril de 2015

Como funciona um boicote e lição de cidadania evangélica




Photobucket
Não compre produtos de MARCAS que patrocinam comportamentos
estranhos, declaradamente não cristãos em novelas da TV Globo.


BOICOTE - ESCLARECIMENTOS
João Cruzué

Muitos leitores ainda não entenderam o espírito do boicote aos produtos que patrocinam o preconceito e a difamação do povo evangélico, por isso estamos aqui de, de forma didática, para tirarmos dúvidas através de perguntas e respostas.

O que é um boicote? é uma decisão pessoal, consciente de deixar de comprar um produto ( shampoo, sabonete, carro, medicamentos, biscoitos, pasta de dentes, etc) ou deixar de usar um serviço (bancário, telefonia, seguradora) com um propósito didático.

2 - Qual é o objetivo de um boicote? - protestar pacificamente, sem violência, com o propósito de dar uma lição (econômica) em pessoas ou empresas que estejam ferindo os direitos civis de consumidores, geralmente por estimular estereótipos negativos e imagens preconceituosas.

3 - O boicote é legal? - considerando que a pessoa que tem seus direitos feridos (por preconceito) é um consumidor em potencial, nada melhor que exercer seu direito de defesa, deixando de adquirir marcas de produtos e serviços. Esta recusa em comprar vai causar um prejuízo ou uma redução de lucros. É perfeitamente pacífico, ordeiro e legal.

4 - Por que o Blog Olhar Cristão defende esta causa: a comunidade evangélica sofre com preconceitos religioso e cultural. Essencialmente somos diferentes nas formas: de cultuar, vestir, falar, arrecadar dízimos e ofertas e evangelizar, e somos criticados acidamente por isso. Se antes éramos minoria, estatisticamente, hoje devemos ser 25% da população brasileira. Alguns evangélicos têm fixação negativa pela TV Globo, considerando que dali partem, conscientemente, a maior difamação e preconceito contra a comunidade evangélico. Cremos que não é democrático desejar que esta rede transmissora de TV se acabe, por desejos de vingança. O caminho não é por aí, pois usar a lei de talião - "olho por olho, e dente por dente" qualquer um poderia fazer. Temos que agir de forma pacífica, consciente, mas com uma força suficiente para que esta TV, que prima pela qualidade, também prime-se pelo respeito à cultura e expressão religiosa evangélicas.

Mas, além de crentes somos consumidores, detentores de no mínimo 20% da renda nacional. E no papel de consumidores podemos dar nossa resposta (um boicote) recusando adquirir marcas de produtos em supermercados ou em outros estabelecimentos - que estejam patrocinando qualquer tipo de programa em TV ou Rádio que seja ofensivo à cidadanias dos crentes brasileiros. Resumindo uma lição ou um boicote com efeito didático.

5 - O efeito didático de um boicote - a cada recusa consciente em adquirir um produto no supermercado, é um prejuízo a mais na rentabilidade de uma empresa. Por exemplo: ontem fui ao supermercado para comprar sabonetes. Como eu vi pessoalmente a marca "Albany" patrocinando uma certa novela que vem difamando principalmente à mulher evangélica ao estereotipar seu cabelo (cabelão) e saias (saião), eu passei pela gôndola, dei um belo sorriso para eles, mas comprei sabonetes de outra marca, naturalmente melhores. A marca Albany de produtos de toucador ( sabonetes, shampoos, condicionadores, e o resto), conscientemente, não mais entrará em nossa lista de compras no supermercado.

O dia em que, da mesma forma, as famílias evangélicas conhecerem de fato seu poder econômico como consumidores, e derem uma grande lição (boicote) bem sucedida em uma empresa que patrocine programas difamatórios contra os crentes, será o bastante para que todas as outras pensem duas vezes antes de assumir o risco patrocinar programas difamatórios. Elas podem detestar nossa religião, mas garanto que adoram nosso dinheiro. O efeito indireto do boicote é: sem patrocínio, qualquer programa de TV (novela) acaba mais cedo. Ou melhor: nem começa. Exerça, pois, seus direitos de consumidor, mostrando seu descontentamento de forma inteligente: concentre seu ataque na origem do financiamento, isto é, contra os patrocinadores.

6 - Quais produtos ultimamente vêm financiando programas que difamam a comunidade evangélicaNo mês de março (2008) eram: aspirina da Bayer; biscoito Traquinas; operadoras de celulares Vivo e Claro; Albany- sabonetes e Shampoos. L'Oreal - tinturas e shampoos. Mas a melhor forma de saber é anotando - hoje - todas as marcas de produtos que apareciam nos intervalos comerciais da novela Duas Caras de 2008. Hoje, sete anos depois a coisa ainda se repete na TV Globo. A novela das 21:00 h chama-se "Babilônia". Na primeira semana o escritor já colocou duas senhoras de quase 80 anos praticando o beijo gay. Por mim, elas podem se beijar onde quiser - menos em uma TV Aberta de concessão pública em horário que até bebês de poucos meses estão acordados.
Quem agora é a "grande" patrocinadora destes costumes anti-cristãos? A empresa Natura! Guarde bem este nome.  Sei que você não tem o costume de assistir novelas, mas pode ser que seja uma fiel compradora de produtos desta empresa. Daí, não assistir a novela, mas comprar os produtos da marca que financiam a Globo a colocar no ar estas coisas está fazendo papel de bobo!

7 - Livre arbítrio: se você crê que já está na hora de protestarmos contra a forma preconceituosa e difamatória com que certas empresas ofendem a comunidade evangélica mostre seu descontentamento deixando de comprar seus produtos. Uma decisão consciente, pessoal e pacífica. Explique para sua família porquê vai tomar ou não esta atitude.

8 - Conclusão: quando uma única empresa sofrer no bolso uma boa lição (prejuízo) de economia dada pelos crentes como forma de descontentamento contra atitudes de preconceito e difamação, a comunidade evangélica vai começar a ser respeitada. E não me admiraria de no futuro ler rótulos assim: "Este produto é amigo dos evangélicos".

Publicado no www.jornalcristao.blogspot.com em 08.04.2008

Como você pode ver, naquele tempo a reação foi grande e a patrocinadora era a L'Oreal. Agora quem está financiando isto é a Natura. Sim, nós podemos melhorar (indiretamente) o nível dos conteúdos destas novelas que insistem em impor costumes a jovens e crianças brasileiros. Eles precisam de dinheiro para financiar estas porcarias, e o dinheiro está em nossos bolsos. É só não comprar - isto é legal e se chama BOICOTE!.
João Cruzué
cruzue@gmail.com

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Lindbergh Faria golpista é você

Vejam esta foto:
lindbergh-cara-pintada

Muito bem! No alto, vocês vêem o jovem Lindbergh Faria, então aos 23 anos, presidente da UNE, com a cara pintada, pedindo o impeachment de Collor. Era, então, militante do PC do B. Causava furor nas jovens militantes com o seu stalinismo babyface… Eu queria a queda de Collor e, à época, escrevi um artigo pedindo eleições diretas também na UNE. Fui malvisto, claro! Havia algo de “pseudo” naquele rapazinho. Mas poucos resistem a um rostinho bonito, bem-falante e “progressista”. Tornou-se o “enfant gâté” do impeachment e, dali, saltou para a política. Quem o viu operando como prefeito em Nova Iguaçu, já no PT, garante que ele não tem do que se envergonhar em ter hoje Fernando Collor como companheiro na base de apoio ao governo. Nunca Nova Iguaçu se pareceu tanto com as Alagoas do outro.
Nesta segunda Feira 10/02/2014 o Senador fala em minoria golpista aquela que apoia impeachment da presidente Dilma, lamentavelmente esse que hoje é senador pelo estado do Rio de Janeiro, foi as ruas protestando e pedindo o impeachment do então presidente Fernando Collor.
Quanta incoerência! então quer dizer que quando alguém vai às ruas exigir impeachment de uma presidente que é de seu partido é golpista?
É estranho que "não é ser golpista" pedir impeachment de um presidente que não é de seu partido.

Amigos o fato é o hoje senador divide com outros dois deputados a condição de parlamentar com maior número de investigações no Supremo são 13 são investigações preliminares do Ministério Público do Rio sobre sua atuação como prefeito de Nova Iguaçu.
É lamentável que o Senador ache ruim a possibilidade de impeachment da presidente Dilma o incomode tanto, até mesmo porque ele está no lucro pois o povo deveria seguir o exemplo dele mesmo, e ter ido às ruas e ter pedido o impeachment dele quando ele era prefeito de Nova Iguaçu-RJ.

O caso Collor é coisa de menino se comparado aos bilhões furtados da Petrobras, o caso Collor teve uma suposta irregularidade de um carro um Fiat Elba pra ser especifico.
Já o Senador que um dia saiu às ruas para pedir impeachment de Collor, tem processo por improbidade administrativa de um Showmício este show teria custado 180 000 reais aos cofres da prefeitura. A acusação é a de que os 67 000 reais que deveriam ter sido pagos à dupla pelo evento de campanha foram embutidos no custo. 

Acontece que o mesmo senador que hoje, aos 45 anos, repudia o impeachment de Dilma foi o mesmo, que aos 22 anos, saiu as ruas para exigir a saída de Fernando Collor de Melo. Ou seja, enquanto pedra Lindberg defendeu o impeachment, agora que é vidraça trata o assunto como golpista.

Senador Lindberg o senhor disse que parte dessa movimentação popular é golpista. E eu pergunto com todo respeito a vossa excelência senador Lindberg quando o senhor pintou a cara e foi um dos precursores pelo impeachment do Fernando Collor de Melo pelo motivo dele ter recebido uma Elba um carrinho eu lhe pergunto, vossa excelência naquela época, era um golpista ou era um manifestante em prol do país?


Lamento a conduta do senador que perdeu a grande oportunidade de permanecer calado e mostrar sabedoria, pois até o tolo quando se cala será considerado por sábio (Pv 17.28). e de é claro debater ideias e não se prestar a um soldado de "tropa de choque" ou advogado do diabo.

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Os três amigos de Jó e o profeta velho


Os amigos de Jó

João Cruzué

Estive lendo outro dia o final do Livro de Jó e uma coisa chamou a minha atenção:  A dura cobrança de Deus aos três amigos do patriarca por causa  das palavras maliciosas que falaram. Hoje voltei ao mesmo texto para concluir minha meditação.

Por inveja do diabo Deus permitiu que ele fustigasse a Jó para que negasse o nome de Deus. Primeiro o diabo matou  os filhos de Jó pela espada dos sabeus. Depois queimou as ovelhas e seus pastores com fogo vindo do céu. E ainda,  incitando três bandos de caldeus para roubar os camelos e matar os guardadores. E por fim fez com que um grande vento derrubasse as paredes da casa onde os filhos de Jó estavam reunidos.

Mas não ficou só nisso.

Jó ainda continuava fiel e temente a Deus. O diabo então pediu licença para tocar na saúde de Jó. Tão logo o diabo saiu, o corpo de Jó foi ferido com uma  chaga maligna desde a planta do pé até o alto da cabeça.

A mulher de Jó ao ver tanta desgraça, aconselhou: Amaldiçoa a Deus e morre!

A seguir, no mais profundo desespero, Jó recebeu a visita de seus três amigos mais íntimos:  Elifaz, o tenamita; Bildade, o suita e Zofar, o naamatita. E eles ficaram em silêncio contemplando a profunda desgraça de jós por sete dias e sete noites. E passado este tempo, cada um começou a cobrar de Jó um concerto com Deus, porque chegaram os três a uma conclusão: Jó tinha pecados escondidos e Deus agora o estava castigando.

Interessante é notar que depois do capítulo dois, o diabo volta para a penumbra e deixa de ser protagonista no texto, mas continua manipulando a visão das pessoas próximas de Jó para empurrá-lo na cova. Se ele forçou o vento e fez cair fogo do céu, se ele enviou demônios para levar os sabeus e os caldeus para destruírem os herdeiros e o patrimônio do patriarca, da mesma forma sou levado a entender que a fala da esposa e as repreensões dos três amigos mais íntimos tinham também a mão do gato do diabo.

A Bíblia não fala do destino da mulher de Jó. Mas fala da ira de Deus sobre seus três amigos: Elifaz, Bildade e Sofar. E por que será que Deus acendeu sua ira contra os três? Em primeiro lugar eu penso que eles, em nenhum momento perceberam quem foi o autor das desgraças de Jó. E por que o Espírito de Deus não falava pela boca daqueles três homens? E por que o diabo tinha tanta facilidade em usar suas mentes e bocas para fazer um  serviço sujo? Imagino que a resposta pode estar no primeiro capítulo: Sinceridade, retidão, temor de Deus e desvio do mal. 

Deus cobrou falta de retidão nas palavras dos três. E que palavras eram essas? A princípio cheias de verdade e de sabedoria divina, mas sua fonte era perversa, embora tivessem aparência de santidade tinha origem no coração do diabo. Foram inspiradas para concluir o serviço.

Imagino que os três ficaram muito surpresos quando Deus apareceu e os repreendeu duramente. Mas não estavam eles repetindo corretamente as verdades bíblicas? Sim, estavam. Mas, as estavam falando para a pessoa errada.  As palavras que Deus tinha no coração para que falassem eles nem chegaram perto de conhecer, porque seus corações estavam embotados pelo mau. Religiosos a serviço do diabo. Faz me lembrar a história daquele profeta velho de 1 Reis capítulo 13, em cujo coração só havia cinzas da presença do Espírito Santo de Deus.

Infelizmente, nas Igrejas também há profetas velhos cujo coração há muito está corrompido e quando o diabo precisa de um mensageiro para enganar alguém estão sempre disponíveis. Eles acham que andam na presença de Deus, pensam que estão na presença de Deus, ouvem versículos que os chamam de homens de Deus, mas em seus corações há algo estranho, como que  um vazio e uma tristeza que não tem outra tradução a não ser a ausência do Espírito da alegria de Deus. 

E Deus teve misericórdia dos três amigos de Jó. Tanto teve que os repreendeu e ordenou que levassem sete bezerros e sete carneiros para sacrifício de expiação que somente seria aceito com a oração de um homem que andava - de verdade - na presença de Deus. Este homem era nada mais nada menos que Jó. O amigo que eles falsamente acusaram de ter um pecado escondido.

E Jó orou e Deus aceitou sua oração em favor dos três amigos linguarudos e loucos. Loucos, sim, pois Deus  considerou como loucura as palavras de acusação que falaram contra Jó. 

E o que mais interessante posso ver no capítulo 42, foi que Deus virou o cativeiro no momento que orava pelos três "amigos". A palavra cativeiro mostra que a má sorte repentina de Jó foi causada pela inveja do diabo, mas dentro da permissão de Deus. Certa vez, diante de um milagre, os discípulos perguntaram para Jesus se a causa daquele mal era um pecado familiar, ao que o Senhor respondeu que não, e sim uma ocasião para revelar a glória de Deus.

Eu sei que há muita gente ferida por aí, depois de ter ouvido besteiras de alguém em cima de um púlpito. Jó teve a má sorte virada quando orava por três faladores de coisas indevidas. Se Jó guardou alguma mágoa das palavras destruidoras de seus amigo, ele logo as esqueceu quando os três vieram pedir oração. E mesmo que não viessem, coração de um homem de Deus não pode ser um ninho de mágoas e ressentimentos, sob pena de perder as bênçãos futuros por falta de liberação de perdão.

Jó voltou a andar com muito mais honra e intimidade diante de Deus porque praticou o perdão. E perdoar é a chave que abre os ferrolhos do cativeiro maligno. O diabo manipula na penumbra pessoas próximas para nos ferir e prejudicar. Com isso ele espera que nos desviemos e, consequentemente, deixemos de receber as maiores bênçãos de nossa vida. 

E isso pode acontecer quando julgamos errado. Se os amigos de Jó fossem mesmo homens de Deus, orariam e viriam a saber que a causa da provação de Jó não eram o que eles estavam pensando, mas opressão maligno.  

Quando eles decidiram pela culpa de Jó, não perceberam a presença do diabo. E se não perceberam, era por que eram "profetas velhos" que já tinham perdido a comunhão com Deus, e agora estavam colaborando com o diabo, espalhando maus conselhos para acabar com a autoestima dos outros.