quinta-feira, 3 de junho de 2010

Mensagem aos que passaram por abusos de pedófilos





João Cruzué

Há alguns anos fui convidado para dirigir um culto no velório de um senhor já de Idade. Não foi muita gente e entre os familiares, duas filhas moças, um filho e a esposa do falecido. Notei que os filhos eram pessoas de muito brilho espiritual e fisicamente formosos. Era uma família crente em Cristo.

O pai, ali no caixão, em remoto passado era um homem crente. Pregador e ganhador de almas. Até que um dia caiu da graça e pecou. Foi denunciado pela esposa à polícia por abuso contra as próprias filhas. Ficou muitos anos preso, e quando saiu, foi morar só. Morto, a família mandou me chamar para realizar um culto de corpo presente, antes do sepultamento.

Enquanto cantávamos alguns hinos da Harpa, notei o rosto daquelas jovens. Não perguntei se eram solteiras ou se já tinham se casado. Vi lágrimas correndo em seus rostos como se estivessem diante de um pai comum, se é que me entende. Não notei o menor traço de amargura ou ódio nas faces daquelas moças. Deram ali um grande testemunho de vida.

E de perdão.

Sabe, este blog costuma ser lido por pessoas que às vezes passam por problemas descritos aqui. Observo que Deus pode usar esses textos que considero "bobos", para transmitir a Sua voz a alguns corações entristecidos.

Quando Deus enviou seu Filho Jesus Cristo e ele se humanizou entre nós, os dois sabiam que aqui em baixo as misérias humanas. Mas eu sei que nosso Pai o enviou para fosse nosso médico e advogado. Médico de nossas almas e Advogado de nossos pecados.

E um advogado quando defende a causa de um réu, ele se apresenta diante do juiz e defende com ousadia os interesses do perdido. O réu pode não valer um centavo, ser a pior e mais vil criatura, mas seu Advogado vai dizer que seu cliente é a mais humana das pessoas, a mais fraca e emocional de todas elas. E por fim, mostra seus bons atributos e pede a absolvição diante do juri.

Jesus, da mesma forma, quando intercede por nós diante do Pai também diz que devemos ser perdoados porque ele já pagou o preço, em nosso lugar. Mesmo que sejamos a pior das criaturas, ele confessa o nosso nome diante do Pai e diz que podemos ser perdoados, basta que o confessemos como Senhor e nosso Advogado.

O perdão gera perdão. O ódio só alimenta a amargura.

Eu não me esqueço da fisionomia calma daquelas duas jovens. O pai no passado fora um lixo, a mais baixa das criaturas. Um pedófilo dentro da própria família. Mas diante dele, corpo inerte, as duas filhas não mostravam o mínimo sinal de amargura. Elas estavam em paz. Poderiam, se quisessem, nem mesmo comparecer ao velório. Pelo contrário, determinaram que haveria até um culto.

Como Jesus é bom.

Neste mundo tão carregado de tanto ódio, Ele perdoa e faz brotar o perdão mesmo do coração mais ferido. Quando ele ensinou que devemos amar até nossos inimigos, um pai pedófilo com certeza estaria entre eles. Sei que este assunto é duríssimo, mas as cenas que presenciei mostraram-me que o perdão é o caminho.

O melhor caminho para se libertar das algemas do diabo. Ele aproveita sim as piores situações de nossa vida para nos tornar a mais infeliz de todas as criaturas, mas quando perdoamos, as algemas são quebradas e o Espírito de Deus se alegra em nós. O perdão alegra o Espírito, e a alegria do Espírito invade o coração de quem perdoa.

O que vai ser: guardar em baús as mágoas e cicatrizes de um abuso ou pedir forças a Jesus para perdoar e ser livre das lembranças de um passado tenebroso?

Que o Senhor possa abençoar você, que viveu esta mesma situação e que hoje, sem saber porquê, descobriu este blog e esta mensagem. Aí está você chorando e ouvindo a voz de Deus. O remédio eficaz para sua dor não se vende na farmácia. Seu preço é muito caro, ninguém pode pagar. Mas ele pode ser comprado com 100% de desconto direto da fonte. Aceite Jesus e receba hoje mesmo o perdão e forças para perdoar. Volte para Jesus ainda hoje, e Ele fará cair as algemas da amargura que prendem seu coração a um passado infeliz.

Os abusos devem ser denunciados às autoridades. As consequências dos abusos, por outro lado, devem ser perdoadas. Para que fique bem claro o que tenho a dizer.

Quero terminar dizendo que Jesus ama você; entregue sua vida aos cuidados dele. Só Jesus pode ensinar você a perdoar para ser livre. Com muito carinho e respeito pela sua decisão,


Irmão João Cruzué - Blog Olhar Cristão.


cruzue@gmail.com

Nenhum comentário: